5 Dicas para criar vegetarianinhos saudaveis

The babe in an environment of the fresh vegetables, isolated on the white

“Há muitas necessidades de nutrição para o bebê nos primeiros dois anos, pois este período de tempo é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do cérebro”, diz Jill Castle,  nutricionista pediátrica / nutricionista de Bundoo.com, um site onde os pais podem se conectar com pediatras e outros médicos especialistas. “Então, cuidado e atenção ao planejar a dieta para um bebê vegetariano ou vegan é essencial para garantir a saúde geral da criança.” Aqui estão cinco regras para manter em mente para todas as fases do desenvolvimento de um bebê, a partir do útero.

1 Durante a gravidez …
“A primeira coisa que eu aconselho qualquer mulher vegana ou vegetariana que está pensando em engravidar, mesmo antes de estarem grávidas, é consultar com um nutricionista que pode testar os seus níveis sanguíneos de cálcio, ferro, vitamina B12, e ácido fólico “, diz Jantac. Para as mamães veganas, os níveis de DHA, um nutriente importante para a visão e o desenvolvimento do cérebro encontrado principalmente em peixes, também deve ser verificado. “Veganos  pode obter algum DHA de semente de linhaça, sementes de chia, e cânhamo, mas provavelmente não será suficiente”, diz Jantac. Se uma mãe descobre que sua dieta é carente de todos os nutrientes, ela pode mudar seus hábitos para conseguir o que ela precisa em alimentos fortificados (leites de soja e muitos cereais são fortificados com B12 e cálcio) ou suplementos. A vitamina pré-natal pode cobrir a maior parte destas necessidades nutricionais, mas muitas vezes não contêm B12 suficiente para vegans (a recomendação de B12 durante a gravidez é de 2,6 microgramas por dia). “Veganas provavelmente vão precisar para completar ainda mais com B12 adicional”, diz Jennifer Lincoln, uma OB do site Bundoo.com. “Estes podem ser encontrados na forma de suplementos livre de animais em lojas de vitamina, cereais fortificados, levedura nutricional, e leite de soja fortificado.”

2 Se você amamentar …
Em grande medida, as regras nutricionais para grávidas veganas e vegetarianas também se aplicam à fase de amamentação: O que quer que você estava tomando de suplementos ou a dieta que estava seguindo, deve continuar. “Só porque amamentar exige bastante do corpo – e porque veganas e vegetarianas tem uma dieta com calorias muito controladas – elas devem aumentar a ingestão calórica para se certificar de que podem produzir leite materno”, diz Jantac. Embora a quantidade exata varia, será necessário adicionar mais 300 a 500 calorias à sua dieta diariamente. “A gordura é provavelmente uma das mais difíceis de obter o suficiente, mas as mães veganas podem aumentar com abacate, azeite de oliva extra virgem e nozes”, diz Jantac.

3 Se você dar leite artificial …
“Formulas hoje tendem a ser nutricionalmente completas, se são feitas de leite de vaca ou – para veganas – leite de soja”, diz Jantac. No entanto, “Os pediatras tipicamente irao recomendar suplementos de ferro e vitamina D para o bebê além da fórmula.” Enquanto algumas mães podem não gostar muito do fitoestrógeno da soja, Reed Mangels, PhD, RD, assessor de nutrição para o Vegetarian Resource Group, aponta, “fórmula de soja tem sido usada por 50 anos ou mais, onde os pesquisadores acompanharam os bebês até a idade adulta. Eles não viram nenhum efeito da fórmula de soja na fertilidade ou feminização. Não há evidências de que é um problema.” Mães veganas não devem tentar dar leite de arroz ou de amêndoa aos bebês. “Eles não têm bastante proteína, gordura, cálcio, vitaminas ou minerais que os bebês necessitam”, diz Jantac. “De zero a um, os bebês precisam de leite materno ou fórmula infantil. De vez em quando eu vejo um bebê de 6 meses de idade, cuja mãe sentiu que era bom deixar de dar fórmula. É incrível a rapidez com que você começa a ver um crescimento lento e fraqueza.”

4 Quando o bebê ja estiver comendo sólidos…
Uma vez que o alimento sólido entra em cena – cerca dos 6 meses, as mães vegetarianas e veganas particularmente precisam manter um olhar atento sobre o ferro. “Para a idade do bebê 0-6, a recomendação diaria para o ferro é 0,27 miligramas por dia, que é a mesma quantidade no leite materno”, diz Mangels. “A partir de seis meses a um ano, salta para 11 miligramas por dia.” Enquanto carnes e ovos sao ricos em ferro, mães veganas e vegetarianas podem encontrá-lo em suco de laranja fortificado, cereais e tofu (que também é tipicamente fortificados com outros nutrientes importantes, como a B12), bem como, naturalmente, no espinafre, couve, e leguminosas como lentilhas e feijão. “O objetivo é oferecer duas porções de alimentos ricos em ferro por dia”, diz Castelo. “Depois de um ano, fornecer 1 ou 2 fontes por dia. E ja que o ferro de fontes vegetarianas é absorvido de forma menos eficiente do que das fontes animais, ofereça sempre alimentos com vitamina C -. Sucp de laranja, melão, manga – junto dos alimentos de ferro, pois a vitamina C ajuda na absorção de ferro “.

5 Depois que o bebê tiver um ano de idade …
Já que as crianças nessa idade estão ficando mais ativas, é importante ter certeza de que as crianças vegetarianas – especialmente veganas – obtenham proteínas o suficiente. Então certifique-se de servir bastante feijão, lentilhas, hummus, tofu, nozes, e “carnes” de soja (ex. hambúrgueres vegetarianos). “Algumas crianças também podem precisar focar em obter calorias suficientes, uma vez que uma dieta vegetariana pode ser muito rica em fibras e pobre em calorias, portanto, as crianças podem se encher antes de obter calorias suficientes para suportar as necessidades de energia”, diz Sharon Palmer , RD, autor de Plant-Powered for Life. “Nesse caso, se deve oferecer algumas opções de fibra inferiores, tais como pães e biscoitos, e gorduras saudáveis, como manteigas vegetais, azeite extra-virgem, e abacate.”

Por último, mas não menos importante, mães veganas e vegetarianas devem tomar cuidados especiais para fazer check-ups regulares do filho para acompanhar os seus níveis de crescimento e de nutrientes no sangue (como o ferro). “Dessa forma, você pode ter certeza que o que você está fazendo em casa é para o bom crescimento e desenvolvimento”, diz Castelo.

Traducao livre de: http://thestir.cafemom.com/baby/174869/tips_for_raising_vegetarian_baby?utm_medium=sm&utm_source=pinterest&utm_content=thestir&newsletter

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s