Sequencia de YOGA para mamãe & bebê

Montei essa sequencia fofa de YOGA incorporando o baby na sua pratica, nada de nivel avançado, tudo simples e claro que a serie deve fluir num ritmo organico, ou seja cheio de pausas para beijinhos, carinho, amor, abracinhos, mamadas e o que quer que seu bebe necessite 😉 É muito importante sorrir para o bebe, brincar, conversar e transformar a pratica em um momento gostoso e divertido de afeto entre mae e bebe.

Nao é necessario ter muita experiencia com yoga, apenas adapte as poses aos limites do seu corpo. Minha bebe tem 10 meses por isso ficou bem ativa durante a pratica, mas pode ser feito com bebes mais novinhos tambem – porem pelo menos a partir de 6 meses ou que ja consigam se sentar sozinhos. No caso de bebes mais novinhos voce pode praticar yoga com ele pertinho de voce deitadinho. Lembre-se que o bebe é um pesinho a mais entao pegue leve na pratica.

1
Como a maioria das aulas de yoga, começamos com Suryanamaskara A. Voce pode fazer entre 1-3 vezes, dependendo do quanto voce estiver a vontade para fazer. Se voce ja conhece yoga, provavelmente ja sabe do que se trata. É melhor ter um instrutor quando fizer pela primeira vez a fim de ter certeza que voce está fazendo corretamente, infelizmente aqui nao consigo me aprofundar tanto:
– Começando em pé com seu bebe no colo.
– Inspire, gentilmente levante seu bebe para o alto. É legal olhar para ele para dar segurança.
– Exale, dobre para frente (Uttanasana) e coloque seu bebe gentilmente no chao. A partir daqui siga a Suryanamaskara sem o baby.
– Inspire, levante a cabeça, olhe para frente e endireite a coluna.
– Exale, dê um passo largo para tras e em seguida com o outro pé tambem até estar em plank, devagarinho traga seu peito até chão como se estivesse fazendo uma flexão, podendo colocar os joelhos no chao primeiro se for necessário (Chaturanga Dandasana).
– Inspire, empurre o chão para longe de voce, estique os braços, abra o peito e olhe para cima (Urdhva Mukha Svanasana).
– Exale, sente no quadril e levante-o em direçao ao céu para Adho Mudka Svanasana. Segure de 3-5 respiraçoes aqui.
– Inspire, destrave os joelhos e dê um passo apos o outro para frente, levando seus pés para perto das mãos. Expire e relaxe o corpo dobrando-o para frente.
– Inspire levante trazendo as maos para cima. Se o seu bebe estiver por perto, traga-o para cima novamente como fez no começo.

2
Utkatasana (ou Pose da Cadeira): Começando em pe, pé juntinhos e com seu baby no colo, dobre os joelhos gentilmente como se estivesse sentando em uma cadeira. Coloque o seu baby sentadinho no colo e voce pode segurá-lo com os dois braços e ficar assim ou segura-lo com um braço e estender o outro. Fique aqui por quanto tempo for confortavel para voces dois 🙂

3
Virabhadrasana A, B e C (ou Pose do Guerreiro): Começando em pe com os dois pés juntos e com o bebe no colo, dê um passo largo para trás até que suas pernas estejam em posiçao de afundo. A diferença é que o pé que está atras deve ficar inteiro no chão mais ou menos a quase 90 graus da outra perna. Gentilmente levante o baby para cima, sorrindo e interagindo com ele. Transiço para a pose B: abra um dos braços para tras (o mesmo braço do lado da perna que está atras) e com o outro braço segure o bebe sentadinho em cima da sua perna que esta flexionada em 90 graus (Aqui, pode levantar o pé tirando o calcanhar do chao e fazer o bebe ir para cima e para baixo, assim ele se diverte um pouquinho. Sempre muito gentil e devagar). Para a pose 3, abrace bem o baby e devagarinho tire o pe de tras do chao ao mesmo tempo que vai esticando a perna da frente. Repita tudo do outro lado. Vale dar muitos beijinhos no baby entre uma pose e outra 😉

4
Upavistha Konasana: Sem segredos aqui. Sente com as penas tao abertas o quato voce estiver confortavel. Coloque seu bebe na sua frente e va dando beijinhos e interagindo. Pode deita-lo na sua frente e dar beijinhos enquanto vai movendo seu peito para baixo ate conseguir se aproximar do chao o maximo que conseguir. Pode segurar um dos pes, depois mover-se e segurar o outro.

5
Baddha Konasana: Muito parecido com aanterior, porem dessa vez junte a sola dos pes e feche as pernas, como se fosse fazer “borboletinha”. E devagarinho va movendo seu peito em direcao ao chao. Se o bebe estiver por perto, interaja sempre 🙂

6
Janu Sirsasana A: Sente e deixe uma perna esticada e a outra flexione o joelho, traga a sola do pe o mais perto do quadril possivel. Quando estiver confortavel com as pernas, mova seu peito em direcao a perna esticada e tente segurar seu pe. Se nao for possivel, segure qualquer parte da perna que for. Da para abracar o baby enquanto estiver na pose, se ele estiver por perto. 😉 Repita do outro lado.

7
Utthita Chaturanga Dandasana e Chaturanga Dandasana, ou simplesmente Plank alto e baixo: Nao tem segred, ne? Baby pode ficar em baixo e voce tem uma motivacao linda para descer para o plank baixo: dar muitos beijinhos.

8
Setu Bandha Sarvangasana (ou Ponte): Deitada com o baby no colo, flexione os joelhos e traga seus pes perto do quadril. Levante o quadril e segure pelo tempo que voces estiverem confortaveis. O baby serve como um pesinho aqui tambem! Parar variar, traga um dos pes em cima do joelho oposto e levante o quadril. Faça o mesmo para o outro lado. Aqui ambem voce pode empurrar o quadril para cima e para baixo fazendo movimentos de cavalinho para o baby se divertir um pouco.

9
Ustrasana (ou pose do Camelo): Essa pose é intermediaria entao so faç se se sentir confortavel. Se nao for possivel colocar a mao no pe, simplesmente abra o peito o maximo que conseguir, olhando para cima e inclinando-se para tras. Ajoelhada com o baby no seu colo, va devagarinho inclinando-se para tras ao mesmo tempo que empurra o quadril para frente. Segure o baby com um braço e com o outro tente agarrar o calcanhar. Troque os braços e faça do outro lado tambem. Baby aqui tambem serve como um pesinho. De muitos beijinhos 😉

9_1
Navasana (ou pose do Barco): Sentada com o baby no colo, tire os pes do chao e balance o quadril no chao. Va devagarinho estivando as pernas e os braços. Deixe o baby montadinho no seu corpo e de muitos beijinhos.

9_2

Ubhaya Padangustasana: Essa pose tambem é intermediaria. Se voce nao consegue esticar as pernas nao tem problema, pode esticar ate o limite que puder. Tambem, sentada com o baby no colo use o seu dedo indicador para agarrar o dedao do pe e vai esticando as pernas, tirando a perna do chao ao mesmo tempo que encontra o centro de equilibrio do quadril no chao. Role gentilmente devagarinho para tras e para frente para ganhar uma massagem deliciosa nas costas, feita pelo chao rsrs. Role ate sentar novamente no chao e dobre seu corpo para frente. Muita interecao com o baby. Como na maioria das poses, rola muitos beijinhos!!! 😉

9_3
Aqui quis brincar um pouquinho de Acro yoga. Bem rapidinho pois ela nao se sente tao confortavel ainda, rsrs.

9_4
Acabou! Sente, beije, abrace, agradeça a sua companhia linda e dê um premiozinho final se puder: tetê ;))

Muito importante: siga seus limites. Nao faço nada que nao se sentir confortavel ou que sentir que nao pode. Toda pose de yoga éadaptavel a todos os niveis entao ache o que é possivel para voce e seu baby, e divirta-se :))

Advertisements

Guia completo para alimentação vegana infantil

Finalmente consegui terminar de traduzir.
Na verdade nem sei se voces lembram de quando eu postei sobre isso. Esse foi o guia mais completo que eu ja coloquei as mãos e por isso fiz questão de passar para frente. Ele fala sobre nutrientes, sobre substituiçoes, sobre quantidades adequadas, sobre o processo de introduçao alimentar e de quebra ainda mostra varias receitas veganas simples e maravilhosas. Tudo dividido entre a idade do bebê, que no guia vai de 0 a 4 anos. 126 paginas de informaçao a ser devoradas!!

vfv

Foi com muito amor e muita vontade de espalhar o veganismo que busquei autorização da First Steps Nutrition Trust para traduzir esse guia maravilhoso e disponibilizar gratuitamente no meu blog.

Gostaria de frisar que é importante manter atenção nas diferenças culturais entre o Brasil e o Reino Unido (país a qual esse guia é destinado). Por exemplo, em algumas partes do guia se sugere dar água da torneira para a criança, não sei se isso é uma prática viável no Brasil. Outro ponto é que muitas das receitas incluem feijão e frutas enlatados, acredito que não seja uma prática comum consumir frutas dessa forma no Brasil, assim como é no Reino Unido. Também os leitores notarão que algumas comparações de custos são mostradas em libras (pounds). Os sites, referências e a parte de “Outros Recursos” achei interessante manter na língua original.

Mas o mais importante é lembrar que tudo que esse guia fala em suplementação, ele leva em consideração as recomendações do Reino Unido e dos profissionais de lá. Não sei como isso se compara ao Brasil, por isso não substitua ajuda profissional por este guia. Consulte seu médico!

E aproveite as receitas!

❤ ❤ ❤ Baixe aqui

Festinha infantil vegana <3

Festinha infantil vegana <3

Eu ja postei algumas dessas fotos na pagina do facebook, porem nao coloquei todas as receitas. Essas comidinhas foram servidas no meu cha de bebe, mas funcionariam muito bem em uma festinha infantil vegana. Eu mesma planejei e cozinhei tudo para o meu cha de bebe, eu tinha cerca de 30 convidadas. Alem dessa festinha, vou tambem adicionar umas fotos de uma festinha que minha mae preparou para a Domi no Brasil, tambem vou dar a receita de algumas coisinhas que foram servidas. Espero insipirar voces :))

10482563_1613283132220617_5123358670191650953_n 11036453_1613282932220637_3999052597979163555_n

Esses foram as principais estrelas do meu cha de bebe: cheesecakes crudivoros. Ate um pouco antes de engravidar eu vendia esses cheesecakes crudivoros em uma feirinha de rua de Sydney. Era sucesso sempre. Os sabores eu fiz um de morango com maracuja, e um de pinacolada (abacaxi com coco), mas é so abusar da criatividade, da para fazer uma infinidade de coberturas.

Base do cheesecake: 1/2 copo de tamaras (tambem da para usar figo ou ameixa-seca), 1 e 1/2 copo da sua oleaginosa favorita (eu prefiro nozes, mas ja usei amendoas, macadamia ou qualquer coisa que eu tenha em casa), 1 colher de oleo de coco e uma pitada de sal marinho. Processe todos esses ingredientes no processador ate ficar uma “massa”. Pegue a forma e “amasse” essa massa no fundo. Depende do tamanho da sua base, claro, mas geralmente essa base fica com 1/2 centimetro. Coloque na geladeira para ela endurecer um pouco.

Parte principal (“cheese”): 3 copos de castanha-de-caju-, 3/4 copo de suco de limao, 3/4 copo de oleo de coco, 3/4 copo de agave (ou seu açcar favorito: mascavo, nectar de maple, eu por muito tempo usei nectar de arroz integral e ficava muito bom tambem), 1 grao de baunilha (ou extrato natural), um pouco de agua se for necessario. Para fazer, voce precisa hidratar as castanhas antes, ou seja coloque-as em um recipiente com bastante agua e deixe hidratando durante a noite, elas vao adquirir uma consistencia “borrachuda”. Tire a agua e jogue as castanhas no processador, junto com todos os outros ingredientes. Processe ate que tenha uma consistencia cremosa, se achar necessario coloque um pouquinho de agua. Derrame esse creme em cima da base na forma e coloque no congelador para que fique firme.

Cobertura: Aqui voce pode fazer como quiser. No meu cheesecake de morango eu adicionei um pouco de morangos na parte do creme tambem, assim ele ficou meio rosinha. E a cobertura eu apenas coloquei maracuja com um pouco de nectar de agave e decorei com morangos. O de pinacolada eu bati abacaxi com coco e nectar de agave, joguei por cima e decorei com mais coco e abacaxi.

Agora é so deixar uma hora no freezer para ficar consistente e depois está pronto!

10676129_1613287895553474_1025405206848945141_n

Palitinhos de cenoura, salsao e pepipo servidos com cream cheese de castanha-de-caju. Esse creme foi parecido com o do cheesecake, mas é salgado. Deixei 2 copos de castanha-de-caju hidratando e depois joguei no processador com 3 dentes de alho, 1/4 de suco de limao natural, 1 colher de sal amrinho, azeite de oliva a gosto ate adquirir a consistencia desejada. Se quiser e dispuser tambem pode adicionar um pouquinho de levedura nutricional, aumenta o gostinho de queijo e é rica em vitamina B12! Quando estiver pronto, corte cenoura, peninos, salsao ou o seu vegetal favorito em tirinhas e sirva.

1506965_1613282545554009_417774954899404393_n

Molho pesto: Tambem cortei vegetais em tirinha para servir com molho pesto. Alem dos vegetais eu tambem servi mini tortillas de milho para comer com o molho. Bem facil esse pesto. Pegue um ramo grande de folhas de manjericao e coloque no liquidificador. Junte 1/3 copo de alguma oleaginosa que voce goste (aqui uso “pinenuts” mas nunca vi no Brasil. Pode ser castanha-de-caju), 2/3 copo de azeite de oliva, 5 dentes de alho, sal a gosto. Pode bater ate virar o molho gostoso 🙂 Joguei umas sementes de linhaça por cima tambem.

1689393_1613282898887307_454369527061810735_n

Brigadeiros veganos crudivoros: Uma delicia tambem. Junte 2 copos de nozes (tambem aqui pode-se usar qualquer oleaginosa da sua preferencia), 2 copos de tamaras (tambem da para variar, da pra usar qualquer fruta seca como figo, ameixa-seca, cranberry, etc.), 3 colheres de sopa de po de cacau, 2 colheres de sopa de oleo de coco, 1/3 de coco ralado. Processe tudo junto no processador e depois é so enrolar. Passe no coco ralado para o acabamento! Tambem da para variar, de repente passar em sementes de chia, po de cacau, etc.

Salada de fruta: Servi porçoezinhas de salada de fruta em versao naked e versao com cobertura de chocolate. Sem misterio ne, gente? A cobertura de chocolate se pode fazer simplesmente derretendo chocolate vegano, mas eu fiz assim: 1/4 copo de oleo de coco, 2/3 copo de po de cacau e 3 colheres de sopa de agave nectar. Mistura tudo e pronto! Joguei por cima das frutas e coloquei rapidamente na geladeira para endurecer.

11008431_1613282595554004_9165790881714784927_n

Sanduichinhos veganos: Sem segredo tambem. Usei uma maionese que se encontra aqui em qualquer supermecado, ela é “acidentalmente vegana”. Ai recheei os sanduichinhos com pepino, cenoura, tomara, azeitona, etc. Ficaram uma delicia. Sei que existe maionese vegana por ai, mas tambem da para usar hummus ou algum outro molho gostoso!

10407301_1613281935554070_4861433192901793701_n

Pasteizinhos: esses acabaram rapidinho, rs. Apesar de parecer frito, eles sao pasteizinhos de forno e eu usei uma massa pronta que é vegana. A maioria das massas de pasteis sao veganas, mas sempre cheque. Tinha 3 diferentes sabores: Carne de soja moída, fiz com molho vermelho e ficou bem delicioso. “Presunto” e “queijo”, usei um desses presuntos da tofurky mesmo, e o queijo foi Biocheese. Mas da para fazer com mandiokejo, de repente alguma salsicha vegetariana tambem etc. O terceiro foi de palmito, azeitona, tomate e milho: combinacao perfeita!

11203696_1638219443060319_4315865666359778720_n

Outros sanduichinhos. Esses estavam na festa que a minha mae organizou mas tambem sem misterio. Da para rechear com palmito, milho, pepino, requeisoy, mandiokejo, pate de tofu, etc. Esses ela cortou em rodinhas, ficou fofo!

11257900_1638219239727006_5555755911330406624_n

Outros canapezinhos veganos que foram servidos na festa da minha mae. Alem dos sanduichinhos e canapes, os mini hamburguinhos de soja 🙂

Foi isso. Foi tudo simples e facil de fazer, no ultimo dia contei com algumas amigas para me ajudar a montar tudo e fazer os ultimos detalhes. Além dessas comidas eu tambem fiz um molho de cachorro quente com salsicha vegetariana e coloquei paezinhos para que se servissem, mas acabei nao tirando foto. De bebida levei agua e alguns sucos prontos. Acho que a festa ficou muito legal e de verdade, nao muito diferente de uma festa onívora. As pessoas pensam que festa vegana seria extreeeemamente natureba mas a minha nao foi muito assim nao, rs… Nao tinha apenas FRUTAS como muita gente assim pensa. Voce tem alguma sugestao para adicionar?

Turistando com um baby

Turistando com um baby

Embarcando AMANHÃ para a nossa primeira viagem turística em família (aproveitando que a baby ainda não paga passagem, quem nunca?? rs)

Nao tenho tanta noção ou experiência pois essa será a primeira vez que passarei um tempo fora de casa com ela (no Brasil não conta, claro. Brasil é casa). Mordendo a lingua em relação a várias coisas, claro. Uma porque é um destino que eu não conheço muito bem, então bom é se preparar… e outra porque é FÉRIAS. E por mais que eu sei que sou mãe e ferias de verdade mesmo a gente nunca tem, dá para simplificar muita coisa 😉

ubud

Meu checklist de coisas que estou levando para passar 7 dias longe de casa com um baby:

  • Fralda descartável, é claro. Férias de lavar fralda, eu mereço. O mesmo para lencinhos umedecidos.
  • Lanchinhos prontos (barrinhas crudívoras de banana orgânica sem adição de açucar e uns biscoitinhos de arroz). Quando nós veganos vamos a um país diferente já requer um pouco de planejamento em relação a alimentação, com um bebê fica ainda mais sério. Eu posso passar meus dias somente com frutas em últimos casos, mas a baby em fase de crescimento precisa de carboidratos mais pesados, proteínas etc.
  • Papinhas prontas orgânicas. É eu sei, mordendo a lingua forte aqui rs… Achei uma marca que é tudo orgânico e sem açucar, achei uns 2 ou 3 sabores que são veganos e estou levando. Claro que a prioridade será sempre tudo fresco, mas é sempre bom ter um plano B. Estou levando também quinoa para adicionar a essas papinhas pelo menos uma vez ao dia (ponto para o hard work, vou cozinhar essa quinoa lá)
  • Mini “Farmacinha”.
  • Garrafinha de água, apesar de que água da torneira lá nem pensar (Aqui em casa só tomamos água direto da torneira)
  • Carrinho leve, de passeio e sling.
  • Protetor solar beeeeem forte.
  • Colchãozinho de trocar.
  • 2 roupas de baby por dia.
  • Chapéus
  • Biquinis
  • Cabeças feitas para passar longe de atividades turisticas que envolvam animais.
  • Cabeças abertas para absorver a cultura diferente
  • Sorrisos
  • Coração aberto para AMAR, pois segundo Elizabeth Gilbert onde vamos é destino de AMAR. Quem adivinha??
  • 12913_4740085782992_632562509_n
    outra vez que fui, como solteira livre e sem ter que planejar tanto

Depois com certeza escreverei com mais propriedade sobre a minha experiêcia em turistar com um bebê tão novinho. Nesse momento estou respirando fundo para embarcar em uma viagem de avião de novo, mas pelo menos dessa vez o marido vai também entao o trabalho é dividido. UFA!

Turistando com um baby

Turistando com um baby

Embarcando HOJE para a nossa primeira viagem turística em família (aproveitando que a baby ainda não paga passagem, quem nunca?? rs)

Nao tenho tanta noção ou experiência pois essa será a primeira vez que passarei um tempo fora de casa com ela (no Brasil não conta, claro. Brasil é casa). Mordendo a lingua em relação a várias coisas, claro. Uma porque é um destino que eu não conheço muito bem, então bom é se preparar… e outra porque é FÉRIAS. E por mais que eu sei que sou mãe e ferias de verdade mesmo a gente nunca tem, dá para simplificar muita coisa 😉

ubud

Meu checklist de coisas que estou levando para passar 7 dias longe de casa com um baby:

  • Fralda descartável, é claro. Férias de lavar fralda, eu mereço. O mesmo para lencinhos umedecidos.
  • Lanchinhos prontos (barrinhas crudívoras de banana orgânica sem adição de açucar e uns biscoitinhos de arroz). Quando nós veganos vamos a um país diferente já requer um pouco de planejamento em relação a alimentação, com um bebê fica ainda mais sério. Eu posso passar meus dias somente com frutas em últimos casos, mas a baby em fase de crescimento precisa de carboidratos mais pesados, proteínas etc.
  • Papinhas prontas orgânicas. É eu sei, mordendo a lingua forte aqui rs… Achei uma marca que é tudo orgânico e sem açucar, achei uns 2 ou 3 sabores que são veganos e estou levando. Claro que a prioridade será sempre tudo fresco, mas é sempre bom ter um plano B. Estou levando também quinoa para adicionar a essas papinhas pelo menos uma vez ao dia (ponto para o hard work, vou cozinhar essa quinoa lá)
  • Mini “Farmacinha”.
  • Garrafinha de água, apesar de que água da torneira lá nem pensar (Aqui em casa só tomamos água direto da torneira)
  • Carrinho leve, de passeio e sling.
  • Protetor solar beeeeem forte.
  • Colchãozinho de trocar.
  • 2 roupas de baby por dia.
  • Chapéus
  • Biquinis
  • Cabeças feitas para passar longe de atividades turisticas que envolvam animais.
  • Cabeças abertas para absorver a cultura diferente
  • Sorrisos
  • Coração aberto para AMAR, pois segundo Elizabeth Gilbert onde vamos é destino de AMAR. Quem adivinha??
  • 12913_4740085782992_632562509_n
    outra vez que fui, como solteira livre e sem ter que planejar tanto

Depois com certeza escreverei com mais propriedade sobre a minha experiêcia em turistar com um bebê tão novinho. Nesse momento estou respirando fundo para embarcar em uma viagem de avião de novo, mas pelo menos dessa vez o marido vai também entao o trabalho é dividido. UFA!